Quinta-feira, Abril 18, 2024

ESG

A palavra que está na ordem do dia e que todos queremos seguir

O contexto social e económico que estamos a viver, com o período pós pandemia e a guerra na Ucrânia, fez despertar em nós a consciência de quanto somos vulneráveis. Não só em relação ao ambiente, mas também no que diz respeito a questões sociais e económicas, se nada fizermos poderemos colocar em risco a própria humanidade.

Aqui, nada se desperdiça, tudo é valorizado

O conceito de circularidade já era uma realidade na Corticeira Amorim, ainda antes da expressão entrar no léxico das empresas sustentáveis. Na companhia, líder mundial na transformação de cortiça, que se aplica em rolhas, pavimentos e revestimentos, entre outros produtos, aplicações e soluções, toda a cortiça é reaproveitada no processo de produção. A empresa desenvolve a sua actividade com impacto positivo na regulação do clima e ambiciona atingir 100 por cento da taxa de valorização de todos os resíduos.

Um planeta sustentável chamado Delta Cafés

A sustentabilidade faz parte do ADN da Delta Cafés já lá vão 60 anos. A empresa com sede em Campo Maior tem apostado em acções de sustentabilidade, consciente e empenhada em contribuir de forma activa para um equilíbrio entre os três pilares – económico, ambiental e social – de uma sociedade sustentável.

Para que a vida não pare

Dada a importância que a Sustentabilidade tem para a Fidelidade, foi criada o ano passado uma equipa totalmente dedicada ao caminho de sustentabilidade da seguradora. Os critérios ESG e o foco em causar impacto positivo com as sua acções, está presente nas tomadas de decisão e no modo como se relaciona com os seus ‘stakeholders’.

ETAR de Parada: uma referência em termos de Economia circular

Para além do tratamento das águas residuais, a ETAR de Parada é a única do país que procede à transformação e valorização das lamas produzidas ao longo do processo de tratamento. Esta instalação assegura também o aproveitamento do biogás produzido para gerar electricidade.

O futuro é verde

A REN – Redes Energéticas Nacionais é a empresa responsável por garantir o fornecimento ininterrupto de eletricidade e gás natural a Portugal Continental. São mais de 700 pessoas que trabalham diariamente para cumprir essa missão, de forma transparente, objectiva, eficiente economicamente e com um forte compromisso com o desenvolvimento sustentável.

Tudo por um mundo melhor

Brew a Better World – Produzir um Mundo Melhor é o lema da Heineken desde 2009, mas, em 2021, a multinacional que detém a Sociedade Central de Cervejas e Bebidas deu mais energia ao plano, com metas mais ambiciosas para 2030, rumo à descarbonização de toda a cadeia de valor, 10 anos depois.

Aposta em frota (cada vez) mais amiga do ambiente

O sector da mobilidade e transportes é dos que mais sofre pressão para adoptar práticas sustentáveis, em especial no que diz respeito à redução das emissões poluentes. A STCP caminha a passos largos para reduzir cada vez mais a sua pegada carbónica, renovando parte da frota de cerca de 400 veículos. Mas dentro de “casa” também se pensa no ambiente.

O contributo da Valorpneu para a economia circular

A Valorpneu nasceu há 20 anos, para dar resposta a um problema ambiental: os pneus em fim de vida. Ao longo deste tempo, a entidade gestora portuguesa tem dado passos significativos no caminho para a economia circular e para a sustentabilidade do planeta.

ESG: um quadro em crescimento

Passos para economia e ambiente andarem de mãos dadas, no quadro de uma agenda de sustentabilidade, talvez não se imaginasse o âmbito que, cinquenta anos depois, o tema iria ganhar, de forma especialmente visível no espaço europeu.

Artigos recentes | Recent articles

Um país na flor da idade

Nos últimos 20 anos Angola sofreu inúmeras transformações, desde a mais simples até à mais complexa. Realizou quatro eleições legislativas, participou pela primeira vez numa fase final de um campeonato do mundo, realizou o CAN e colocou um satélite em órbita.

David Cameron

David Cameron foi Primeiro-Ministro do Reino Unido entre 2010 e 2016, liderando o primeiro Governo de coligação britânico em quase 70 anos e, nas eleições gerais de 2015, formando o primeiro Governo de maioria conservadora no Reino Unido em mais de duas décadas.

Cameron chegou ao poder em 2010, num momento de crise económica e com um desafio fiscal sem precedentes. Sob a sua liderança, a economia do Reino Unido transformou-se. O défice foi reduzido em mais de dois terços, foram criadas um milhão de empresas e um número recorde de postos de trabalho, tornando-se a Grã-Bretanha a economia avançada com o crescimento mais rápido do mundo.

Conferências com chancela CV&A

Ao longo de duas décadas, a CV&A tem vindo a promover conferências de relevo e interesse nacional, com a presença de diversos ex-chefes de Estado e de Governo e dirigentes políticos de influência mundial.
- Advertisement -