Sábado, Dezembro 4, 2021

Política

“Gosto de me considerar a embaixadora do território no Conselho de Ministros”

Entrevista a Ana Abrunhosa, Ministra da Coesão Territorial
Em 2019 prometeu ser, no Governo, “embaixadora” da causa da redução dos preços das portagens no interior. E foi bem-sucedida. “Esta foi a minha missão impossível”, diz Ana Abrunhosa, destacando a importância da redução dos custos de contexto nos territórios do interior. O Ministério da Coesão Territorial, diz, levou estas regiões para dentro do Conselho de Ministros, criando sinergias entre sectores governativos que, de outro modo, não haveria, para prejuízo das populações que, por opção ou necessidade, vivem fora dos grandes centros urbanos.

ECONOMIA

“É o coroar de uma carreira”

Entrevista a Nuno Pinto de Magalhães, Chairman SCC
Na Sociedade Central de Cervejas há 47 anos, 20 dos quais enquanto Director de Comunicação e Relações Institucionais, Nuno Pinto de Magalhães foi recentemente eleito Chairman da Companhia para onde entrou como estagiário aos 18 anos, como uma solução de recurso, após ter terminado o 7º ano (12º ano) e ter que esperar um ano (Serviço Cívico) para poder engressar na Faculdade de Direito. Saber ouvir, fazer as coisas com paixão, usar o bom senso e nunca recusar uma boa conversa foram alguns dos segredos que o levaram ao topo.

Destaque

“O longo prazo é uma sucessão de curtos prazos”

Entrevista a António Ramalho, CEO Novo Banco
À frente dos destinos do Novo Banco, António Ramalho teve nas mãos a venda da instituição após várias tentativas falhadas. Do colapso do BES à sua chegada passaram dois anos. Em 2021 apresentou pela primeira vez resultados positivos: 137 milhões de euros no primeiro semestre.
- Advertisement -

The Age of America First

This article was originally published in the November/December 2021 issue of Foreign Affairs Magazine and on ForeignAffairs.com.
- Advertisement -

Política

“Pandemia gerou uma grande onda solidária dos parceiros do Estado”

Entrevista a Carolina Cerqueira, Ministra de Estado de Angola para a Área Social
Apresentou em julho passado, ao Conselho Económico e Social da ONU, o primeiro relatório voluntário do Governo angolano sobre os objectivos de desenvolvimento sustentável, uma iniciativa bem recebida pela comunidade internacional, que está atenta aos esforços que o País tem feito para melhorar as condições de vida da população e reforçar os pilares do Estado democrático de Direito. Em entrevista, Carolina Cerqueira revela as prioridades do Executivo liderado por João Lourenço no domínio social, com destaque para a saúde, educação, emprego, protecção social, justiça e crescimento económico, entre outras, e dá conta do trabalho que tem sido feito, assumindo o muito que há por fazer, num País onde o combate à pobreza e a aposta na qualificação das pessoas estão na ordem do dia.

Estratégia: um conceito para levar a sério

Maria Manuel Leitão Marques, Deputada ao Parlamento Europeu

O “novo petróleo” que ajoelha a África do Sul

António Mateus, Jornalista

Marco y perspectivas de la próxima Cumbre Bilateral

Marta Betanzos Roig, Embaixadora de Espanha em Portugal

Beijing e Cabul: alinhamento de interesses

Raquel Vaz Pinto, Investigadora IPRI-Univ. NOVA

O que nos interessa o Afeganistão?

Bruno Cardoso Reis, Sub-director do Centro de Estudos Internacionais do ISCTE-IUL

Economia

Futuro em três penadas

António Costa tentou convencer Catarina Martins e, sobretudo, Jerónimo de Sousa, mas não teve sucesso. O bloco votou contra, o PCP também - e as cinco abstenções anunciadas pelo PAN e duas deputadas independentes não chegaram para levar o documento sequer à discussão na especialidade. Agora, depois de Marcelo ter ouvido os partidos e o conselho de Estado, eis o que se segue.

Porque decidi candidatar-me a Bastonário

Pedro Reis, Candidato a Bastonário da Ordem dos Economistas

Conseguimos colocar Portugal no mapa das empresas tecnológicas

Manuel Caldeira Cabral, Administrador na Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF)

Natural-gas shortages threaten governments’ green goals

This article was originally published in the September 2021 issue of The Economist and on economist.com.
- Advertisement -

Sair da Crise

Álvaro Santos Pereira, Director no Departamento de Economia da OCDE

Plataformas: a Cloud da Inteligência

Paulo Morgado, Cofundador da BridgeWhat

Asas de borboleta

David Lopes, Gestor e Presidente da AEON TOPVALU - Japão

“Sentimos a necessidade de reposicionar a marca ‘Portos da Madeira’”

Entrevista a Paula Cabaço, Presidente da APRAM – Administração dos Portos da Região Autónoma da Madeira
Em entrevista à PRÉMIO, Paula Cabaço fala do reposicionamento da marca “Portos da Madeira”, materializado na assinatura “Your Safe Port” e na produção de novo material promocional. Decorrente de um conjunto de medidas sanitárias implementadas no âmbito da pandemia, esta mensagem vem reforçar a ideia de que os portos são portas de entrada seguras na região. A presidente da APRAM adianta ainda que a nova estratégia passa por reforçar a proximidade com as companhias e participar nos grandes encontros mundiais do sector. A digitalização e a sustentabilidade ambiental são outros desafios que tem pela frente.

Uvas felizes para vinhos felizes

Pinhal da Torre
Os mercados externos recebem cerca de 90% dos vinhos do Pinhal da Torre. As propriedades onde estão as vinhas situam-se em Alpiarça, na região vinhateira do Tejo. No passado a actividade da firma visava a quantidade. Desde há quase 30 anos que o objectivo é diferente.

Turismo, o Motor da Economia Portuguesa

José Theotónio, CEO Grupo Pestana

E agora, quem vem tomar conta do negócio?

João Rodrigues Pena, Founder & Managing Partner da ARBORIS

Empresa em destaque

Há 75 anos a “construir” o seu futuro

Entrevista a Manuel António da Mota, Fundador da Mota-Engil
Com um posicionamento de mercado alinhado com as melhores práticas e uma conduta empresarial assente em princípios éticos e suportados numa visão estratégica única e integrada para o futuro, a Mota Engil ambiciona tornar-se um Grupo mais internacional, inovador e competitivo à escala global. Este ano o Grupo celebra 75 anos de actividade, mas a ambição é a mesma desde as suas origens: continuar a trilhar novos caminhos no seu desenvolvimento.

Direito

ESG: de prioridade inadiável a oportunidade irrecusável

Inês Sequeira Mendes, Managing Partner da Abreu Advogados

It’s the efficiency of the justice, stupid!

Nuno Azevedo Neves, DLA Piper ABBC Country Managing Partner 
- Advertisement -

Desporto

Teremos sempre Paris. 100 anos de participação portuguesa nos Jogos Olímpicos

Paris 2024 marca 100 anos da primeira medalha olímpica portuguesa. A contabilidade do medalheiro português começou em tons de Bronze no Hipismo com quatro cavaleiros, dois civis e dois militares e sai de Tóquio com o recorde de quatro metais preciosos ao peito, duas no atletismo, uma delas de Ouro, no judo e na canoagem. No total, Portugal contabiliza 28 medalhas, sendo 5 de Ouro, 9 de Prata e 14 de Bronze. O Atletismo é rei nas 9 modalidades galardoadas e tem o exclusivo dourado. Depois de dois diplomas na estreia do surf e skate na lista olímpica, o ‘breakdance’ português pode ir dançar a Paris.

Cultura

Um espaço feito para que a memória não se dissipe

O primeiro museu ibérico dedicado ao tema da “Shoah” já recebeu mais de 30 mil visitantes, desde a abertura em abril deste ano. Hugo Vaz, curador do Museu do Holocausto do Porto, explica o conceito deste espaço de memórias e a importância de “não se repetir um dos mais sombrios episódios da História”. Para já, o objectivo de se afirmar como espaço a visitar está conseguido.

Girl MOVE Academy distinguida pela UNESCO

Um prémio pelo trabalho e metodologia desenvolvidos na educação de raparigas e mulheres moçambicanas. Um movimento transformador que junta jovens mulheres de diferentes idades e em distintas fases de desenvolvimento para se inspirarem, apoiarem e transformarem mutuamente.
- Advertisement -

Sugestões de leitura

A PRÉMIO dá-lhe quatro sugestões de leitura para este trimestre.
- Advertisement -

Opinião

O Estado oposição não permite a transformação

Joana Petiz, Diretora do Dinheiro Vivo

Marcelo, o discreto

Sebastião Bugalho

In an unlikely pandemic success story, Europeans overtook Americans on the road to vaccination

Raphael Minder, Spain and Portugal Correspondent for The New York Times

Um novo impulso para o país!

João Paulo Correia, Deputado PS

O PS não faz ideia

João Cotrim de Figueiredo, Deputado Iniciativa Liberal

Tempo de inovar e redesenhar para melhor crescimento

Luís Ferreira Lopes, Consultor

Correspondentes

Mais coesos

Ricardo David Lopes, Prémio

No pós-Covid, a agenda pró-ambiente

Bruno Rosa, Prémio

El reto de un nuevo modelo energético

Belén Rodrigo, Prémio

Uma última boa notícia ou a primeira de muitas?

Pedro Cativelos, Director Executivo da Media4Development

O turismo na Europa durante a pandemia

Larissa Göldner
O Verão de 2021 trouxe algum ânimo ao sector do turismo. A vacinação em massa foi essencial para impulsionar o “sentimento” viagem, com muitos turistas europeus a quererem voltar a viajar depois de terem sido vacinados contra a Covid-19. No entanto, as taxas de vacinação desiguais levaram a uma recuperação desequilibrada em toda Europa.
- Advertisement -

Editorial

António Cunha Vaz, Presidente da CV&A

Termina, com este número de Outubro de 2021, o período que dedicámos à comemoração do décimo oitavo aniversário da CV&A.