Sexta-feira, Dezembro 2, 2022

Economia

O futuro do país não é risonho

Camilo Lourenço, Jornalista

Inflação, e agora?

Joaquim Miranda Sarmento, Professor no ISEG/Universidade de Lisboa

Estabilidade e confiança dos investidores determinam contributo do CINM para a Economia da Madeira

Roy Garibaldi, Presidente do Conselho de Administração da SDM

Markets have fallen because the era of free money is coming to an end

Tighter money means financial volatility and economic uncertainty

Economia global deverá crescer 4,3% em 2022

Estas são as previsões para o crescimento da economia global em 2022, de acordo com o banco de investimento Credit Suisse, que assume que o crescimento económico “deverá ser novamente sólido este ano, com as acções a proporcionar rendimentos atractivos, apesar de mais moderados que no ano passado”. Já para a economia portuguesa o banco suíço antecipa um crescimento de 5,3% para o ano que agora se inicia.

“Investimentos em Sines vão reforçar a competitividade nacional”

Entrevista a Filipe Costa, Presidente da Comissão Executiva da AICEP
Os projectos anunciados para Sines nas áreas da petroquímica, energias renováveis, incluindo de hidrogénio verde, acessibilidades e infra-estruturas de dados e telecomunicações vão fazer do complexo uma estrutura ainda mais competitiva, garante o presidente da Comissão Executiva da aicep Global Parques. A aposta mais recente em centros de dados e captação de cabos de amarração para dados, explica Filipe Costa, vai trazer novo negócio.

Porque decidi candidatar-me a Bastonário

Pedro Reis, Candidato a Bastonário da Ordem dos Economistas

Sair da Crise

Álvaro Santos Pereira, Director no Departamento de Economia da OCDE

Plataformas: a Cloud da Inteligência

Paulo Morgado, Cofundador da BridgeWhat

Conseguimos colocar Portugal no mapa das empresas tecnológicas

Manuel Caldeira Cabral, Administrador na Autoridade de Supervisão de Seguros e Fundos de Pensões (ASF)

Artigos recentes | Recent articles

“Sem o esforço dos privados, o Estado Português não teria conseguido fazer frente à pandemia”

Em entrevista à PRÉMIO, José Germano de Sousa, patologista clínico e presidente do Centro de Medicina Laboratorial Germano de Sousa, falou-nos do seu percurso enquanto médico, passando pelo cargo de Bastonário e do crescimento da sua rede de laboratórios, que se posicionam em termos de análises na área da patologia clínica como o principal ‘player’ nacional do sector, sendo actualmente responsáveis por cerca de 15 a 16% dos testes Covid que se realizam em Portugal.

Tal&Qual: ponto final, parágrafo…

José Paulo Fernandes Fafe, Antigo jornalista, accionista maioritário da empresa proprietária do "Tal&Qual"

“Honne to Tatemae”

Sónia Ito, Arqueóloga e Professora
- Advertisement -