Domingo, Agosto 1, 2021

Opinião

Os desafios para a indústria seguradora

A indústria seguradora, tradicionalmente conservadora e estável, enfrentará nos próximos 10-15 anos uma profunda transformação, cujos primeiros passos se encontram já em marcha. Essa transformação estará ancorada em quatro grandes mudanças ou desafios: consumidores cada vez mais exigentes, inovação...

O futuro do sector bancário: Profunda transformação

O sector bancário deverá enfrentar ao longo dos próximos anos um período de profunda pressão e necessidade de transformação, despoletado por uma mudança chave nas necessidades e exigências dos seus clientes, que cada vez mais procurarão soluções e serviços...

As empresas portuguesas daqui a 15 anos

Dentro de quinze anos, a generalidade das empresas portuguesas terá passado pela fase da sua consciencialização para as oportunidades abertas pelas novas tecnologias (nomeadamente digitais), tê-las-á desenvolvido e adaptado à sua realidade, em paralelo com os seus recursos humanos,...

O futuro da engenharia no setor das infraestruturas

Refletir sobre o futuro é sempre um desafio face à velocidade crescente de evolução da Sociedade, mas é uma necessidade que as empresas e os seus gestores têm de fazer em permanência. Na Engenharia, vivemos hoje desafios que se estendem...

O Futuro do setor da Energia

Falar do futuro do setor da Energia é falar de constante mudança, a um ritmo cada vez mais exponencial. Na última década o setor mudou mais do que nos 50 anos anteriores e, nos próximos anos, a mudança será...

O Futuro de Angola: Cinco áreas de diversificação

Ao fim de quase três décadas marcadas por corrupção política e guerra civil, as mudanças em Angola vieram para ficar e o país tem agora um futuro brilhante pela frente. O país operou grandes melhorias a nivel das infraestruturas...

O futuro das relações Portugal-China

A evolução das relações entre Portugal e a China na próxima década e meia deve ser avaliada à luz da situação política, económica e tecnológica que caracteriza o mundo de hoje. Situação que, por sua vez, reflecte o quadro...

O Lugar de Portugal

Foi Harold Macmillan, primeiro-ministro britânico, quem, um dia, perguntado sobre o que mais temia em política, respondeu: “Events, dear boy, events!”. O futuro tem sempre mais imaginação do que os homens. A vida ensina-nos que acontecimentos que venham a...

Ordem do tempo

"O Futuro das Ciências” é o título de um velho livro que comprei a um alfarrabista numa rua de Lausanne no final dos anos setenta. O jovem físico aprendiz que naquele tempo me habitava fez então o “voto” de nunca...

A Europa daqui a 15 anos

Pedir a um político para prever o futuro já é uma tarefa ingrata. Mais difícil ainda quando se trata do futuro da União Europeia (UE), se virmos o momento crítico que atravessa.  A verdade é que poucos teriam apostado na...

Artigos recentes | Recent articles

“Sem o esforço dos privados, o Estado Português não teria conseguido fazer frente à pandemia”

Em entrevista à PRÉMIO, José Germano de Sousa, patologista clínico e presidente do Centro de Medicina Laboratorial Germano de Sousa, falou-nos do seu percurso enquanto médico, passando pelo cargo de Bastonário e do crescimento da sua rede de laboratórios, que se posicionam em termos de análises na área da patologia clínica como o principal ‘player’ nacional do sector, sendo actualmente responsáveis por cerca de 15 a 16% dos testes Covid que se realizam em Portugal.

“Honne to Tatemae”

Sónia Ito, Arqueóloga e Professora

A Corporate Governance no novo mundo multi-stakeholder: realidades e desafios

António Gomes Mota, Professor Catedrático da ISCTE Business School
- Advertisement -